PRÊMIO PINI 2017

O QUE É

O Prêmio PINI visa identificar e premiar obras, produtos, serviços e ações de referência para melhoria e desenvolvimento do setor da construção, com foco em boas práticas, inovação e qualidade. As categorias (ver abaixo) buscam alcançar os principais movimentos da indústria e ações da ampla cadeia de produção, sejam produtos inovadores, obras ou esforços profissionais.

INSCRIÇÕES

As inscrições para todas as categorias deverão ser feitas no período de:

15 de maio a 15 de setembro de 2017

– Análise do Júri: entre 21 de setembro a 21 de novembro;
– Resultado do Júri: 21 de novembro;
– Cerimônia de Premiação: 5 de dezembro.

Nota: Não serão válidas inscrições com pendência de entrega de material até a data limite.

DAS CATEGORIAS

1) MELHORES OBRAS

O Prêmio Melhores Obras destina-se às construtoras. Serão reconhecidas três obras de cada categoria e uma delas será eleita a Obra de Destaque. As obras inscritas não necessitam terem sido publicadas nas revistas da PINI.

Categorias:
1) Edifício residencial
2) Edifício comercial/corporativo/uso misto
3) Edifício institucional (museu, fundação, escolas)
4) Obra de infraestrutura

Critérios de participação:
-Obras concluídas no período, entre janeiro de 2016 e junho de 2017;
-Obras que se inserem em uma das quatro categorias;
-Obras que não apresentaram restrições de aprovação;
-Obras que não apresentam quaisquer sanções.

Critérios de julgamento:
Os critérios dessa categoria serão estabelecidos pela Banca de Premiação com foco em: planejamento, desafios para implantação e execução, qualidade, processos tecnológicos, aspectos de sustentabilidade.

A Banca de Premiação será formada por integrantes dos Conselhos Editoriais da PINI/ profissionais de referência em pelo menos três especialidades: Estrutura, Arquitetura, Instalações/ e membros convidados de Entidades e Instituições representativas do setor. A Banca de Premiação receberá as obras finalistas após pré-seleção do departamento técnico da PINI.

Para concorrer, a empresa deverá enviar:
Memorial descritivo dentro do limite de páginas solicitado (formato PDF);
Cadastro;
Defesa da obra;
Fotos e imagens no limite estipulado pelo regulamento.

2) CASE ESPECIAL – SOLUÇÕES PARA PROJETO E EXECUÇÃO

Esta premiação contempla fornecedores de materiais e serviços que mobilizaram suas equipes técnicas, para o atendimento a demandas especiais de seus clientes, a exemplo de questões logísticas, especificações, cronogramas, quantidades.

Serão premiados quatro cases especiais, sendo um deles eleito a Solução de Destaque.

Inscrição e envio de material para Banca de Premiação:
• Serão válidos apenas os cases executados no período de JAN/16 a JUN/17
• A inscrição será realizada através de formulário simples contendo nome da empresa fornecedora do produto/serviço e nome do “case técnico”.
• A empresa deverá fazer upload do seguinte arquivo: memorial técnico (PDF ou PPT) com até 10 MB. O memorial deverá incorporar imagens, fotos e detalhes simplificados que a empresa julgue imprescindíveis para defesa do CASE.
• Visando a facilitar o trabalho da banca de premiação, esse será o ÚNICO documento aceito para inscrição. Não serão aceitos documentos físicos. Caso a banca julgue necessário, poderá solicitar informações complementares ao contato responsável indicado pelo concorrente.
• A Banca de Premiação receberá os cases finalistas após pré-seleção do departamento técnico da PINI.

A inscrição será validada, desde que os materiais exigidos sejam enviados exclusivamente pelo sistema.

3) LANÇAMENTOS EM DESTAQUE – VOTO DA COMUNIDADE

Os produtos, materiais e serviços concorrentes nesta categoria deverão ter sido lançados nos últimos 18 meses. Serão avaliados em função da importância para o seu segmento e em função do atendimento às demandas no setor. Concorrem novas linhas e também serviços e produtos adaptados e aperfeiçoados, para melhor desempenho das obras.

Categorias:
-FUNDAÇÕES (sistema inédito ou adotado em condições críticas de execução)
-ESTRUTURAS (concretos especiais, pré-moldados, fôrmas, lajes)
-ALVENARIAS E VEDAÇÕES (drywall, com características especiais, blocos com dimensões especiais)
-REVESTIMENTO E FACHADAS (painéis, argamassas, soluções em cortina)
-INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS (tubulação para sobre pressões, soluções integradas)
-INSTALAÇÃO ELÉTRICAS (instalações diferenciadas)
-COBERTURAS (especificações especiais)
-IMPERMEABILIZAÇÃO
-EQUIPAMENTOS

Inscrição e critério de premiação:
Os produtos inscritos pelas empresas passarão por uma pré-seleção e os cinco finalistas de cada categoria serão submetidos a votação aberta, entre profissionais da Comunidade PINI (assinantes das revistas, cadastrados nos portais e sites, usuários de sistemas PINI e alunos do Instituto PINI).

Para concorrer, a empresa deverá enviar:
Catálogo digital simplificado do lançamento;
Defesa sucinta acerca da importância do produto.

4) INICIATIVA SETORIAL DE DESTAQUE

Esta categoria visa a dar reconhecimento a ações importantes, grande impacto, para o desenvolvimento setorial: ações de empresariais/ pesquisas de núcleos acadêmicos especializados no setor que geram impactos positivos/ ações setoriais de cooperação técnica/ ações em prol da qualidade, produtividade, segurança, competitividade/ programas de educação coorporativa realizados pela própria empresa.

As inscrições deverão ser feitas pelos concorrentes na forma de uma apresentação resumida e objetiva (PDF ou PPT) de suas ações e seus respectivos impactos para o setor. Não é necessária a configuração jurídica, mas para efeito de participação o concorrente deve ser reconhecido e possuir profissionais responsáveis claramente identificados.

5) MAIORES VENCEDORES

Serão homenageados, com premiação, os maiores vencedores, ao longo dos 22 anos de existência da modelagem anterior do Prêmio PINI.

RESUMO DA PREMIAÇÃO

Melhores Obras: 12 Prêmios.
Case Especial – Soluções para projeto e execução: 4 Prêmios.
Lançamentos em destaque – Voto da Comunidade PINI: 9 Prêmios.
Iniciativa Setorial de Destaque: 1 Prêmio.
Maiores Vencedores.

DA COMISSÃO JULGADORA

Compõem a Comissão Julgadora renomados profissionais das áreas técnicas vinculados às associações setoriais, institutos de pesquisa, dirigentes setoriais, representantes de universidades e outros profissionais de reconhecida atuação técnica e acadêmica do mercado. A formação do júri ainda será confirmada.